quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Itaú Social e Instituto Emília lançam curso sobre mediação de leitura na primeira infância.


O Itaú Social e o Instituto Emília lançam o curso online e gratuito “Infâncias e leituras – A leitura como vínculo, prazer e aprendizado”. Em sintonia com o programa Leia para uma criança , a formação pretende estimular práticas de leitura do adulto para e com as crianças, fortalecendo vínculos afetivos e a participação ativa na educação desde a primeira infância, dos 0 e 6 anos.

As inscrições podem ser feitas até o dia 18 de novembro, a partir deste linkno campo “Inscrição”.

Serão abordadas questões-chave sobre a importância do mediador na formação dos pequenos leitores: o papel da leitura e da literatura; a relevância da arte e da poesia, do brincar e da voz e das palavras na infância; e o mediador como ponte entre os leitores e os livros. O curso é voltado para famílias, professores(as), educadores(as), bibliotecários(as) e demais interessados(as).

O curso tem duração de 4 semanas, de 19 de novembro a 14 de dezembro. A dedicação semanal é de 4 horas, em média. Será fornecido certificado de participação.
Fonte: Itau social


Curso on-line “Avaliação textual: análises e propostas” - do Programa Escrevendo o Futuro em 2018.


A partir do dia 08/11, quinta-feira, 10h (horário de Brasília), serão abertas as inscrições para o curso on-line “Avaliação textual: análises e propostas”, que tem como objetivo promover a reflexão sobre as práticas avaliativas de professores e professoras de todo o país, propondo um olhar mais detido sobre as características dos gêneros textuais Poema, Memórias Literárias, Crônicas e Artigo de Opinião.
O curso é autoformativo e destinado a educadores interessados em refletir tanto sobre a avaliação de textos, quantosobre o que fazer diante do resultado da avaliação que, por vezes, convoca a necessidade de reescrita.
Abaixo, reunimos algumas informações que podem ajudá-la(o) a decidir se deseja inscrever-se neste curso:
Quais tipos de conteúdos e atividades encontrarei nesse curso?

O curso “Avaliação textual: análises e propostas” é autoformativo 
– sem mediação – e conta com os seguintes tipos de conteúdos e atividades:
  • Retomada das principais características do gênero em destaque;
  • Análises de textos a fim de aguçar seu olhar para as relações entre ler e avaliar;
  • Apresentação de textos, com convites para que você assuma o lugar de avaliador, e compare seus achados com avaliações da equipe do Programa Escrevendo o Futuro;
  • Participação no fórum, voltada ao registro de dificuldades e avanços no olhar para a avaliação;
  • Aprimoramento de textos;
  • Avaliações de aprendizagem por módulo.
De quanto tempo preciso dispor?

A carga horária total do curso é de 
40 horas para quem concluir os quatro módulos. Também é possível realizar apenas os módulos do seu interesse e, nesse caso, cada módulo possui carga horária de 10 horas.
O período de oferecimento será de 08/11 a 17/12 e você poderá organizar seu tempo para fazer o estudo e as atividades da maneira como for mais conveniente para você, desde que conclua tudo dentro do período de oferta.
Como funciona a avaliação e certificação?

Cada módulo possui uma avaliação de aprendizagem com foco no gênero estudado. Para receber a certificação, é necessário fazer a avaliação do módulo e obter aproveitamento mínimo de 50%.
Para aqueles que concluírem os quatro módulos, será emitido um certificado de 40 horas.
Para aqueles que fizerem os módulos separadamente, será emitido um certificado de 10h por módulo concluído.
O curso possui algum custo para o aluno?
 
Todos os cursos oferecidos pelo Programa Escrevendo o Futuro são gratuitos.
Quando posso me inscrever e quando o curso começa?

As inscrições estarão abertas a partir do dia 08/11, quinta-feira, às 10h. E já será possível acessar os conteúdos assim que a inscrição for concluída. Para saber como acessar o curso, consulte o  tutorial de acesso ao curso -pdf

Nesse curso, será possível inscrever-se ao longo de todo o período de oferta, desde o dia 08/11 até dia 17/12. Mas atenção: independente do momento em que você se inscrever, o curso deverá ser concluído dentro do prazo de oferta. Não será possível acessar nenhum conteúdo após o dia 17/12, data de encerramento. 
Onde e como posso fazer minha inscrição?

As inscrições deverão ser realizadas no Portal Escrevendo o Futuro, no final desta notícia, a partir das 10h do dia 08/11.
Atenção: para realizar sua inscrição é obrigatório que você tenha seu cadastro atualizado no Portal e no momento de se inscrever você deve estar logado. Caso acesse a página com antecedência, recomendamos que você a atualize a página a partir das 10h para conseguir ter acesso ao botão de inscrição, que estará disponível ao final desta página.
Se eu já estiver inscrito em outro curso, poderei me inscrever também no curso de Avaliação neste semestre?

Não, só é possível se inscrever em um curso por semestre. Se já estiver inscrito em outro, você poderá cursar o Avaliação Textual em 2019.
Para informações mais detalhadas, acesse a página do curso.


Instituto Natura lança novo curso EAD gratuito para docentes.


O Instituto Natura acaba de lançar um novo curso EAD sobre Leitura em Voz Alta pelo Professor. Disponibilizado na plataforma Trilhas - iniciativa colaborativa que apoia o trabalho de professores alfabetizadores -, o curso é dividido em três módulos, tem foco em textos narrativos, poéticos e informativos e está alinhado à Base Nacional Comum Curricular (BNCC).
Adaptado para acesso via computador ou celular, a formação ainda oferece certificado emitido pelo Instituto Singularidades, que é reconhecido pelo MEC. Para participar, os educadores e estudantes de pedagogia só precisam realizar o cadastro no Portal Trilhas.
Com 160 mil professores já inscritos, o Portal Trilhas é uma iniciativa do Instituto Natura com apoio do Instituto Península e da Fundação Telefônica. A plataforma oferece cursos a distância alinhados à BNCC, livros digitais, materiais de suporte ao planejamento de aulas, rede social exclusiva aos docentes, entre outras funcionalidades, com acesso gratuito.
“O Trilhas é um projeto vivo, sempre atualizado com a inserção de novos conteúdos e cursos para os professores. Por meio dele já capacitamos mais de 15 mil educadores de diferentes regiões do país”, diz a gerente de projetos do Instituto Natura Maria Slemenson.
Fonte: Undime com informações do Instituto NaturaInstituto Natura



segunda-feira, 12 de novembro de 2018

A Gerência Municipal de Educação parabeniza os Diretores Escolares pelo seu dia - 20/11.



A Gerência Municipal de Educação parabeniza todos os Dirigentes Escolares, profissional que está diretamente ligado à transparência das ações humanas diante do contexto educacional. 

A Gerente Cristiane Teresinha "cumprimenta carinhosamente os (as) Diretores (as) Escolares, e disse ainda que o Dirigente Escolar é aquele que devido a sua função, enfrenta pressão, resolve ou mesmo minimiza problemas e encontra soluções para suas decisões buscando a coerência, o bom senso e o equilíbrio para agir segundo o embasamento legal e os conceitos éticos que regem a ação educativa. Neste dia do diretor eu quero deixar uma palavra às pessoas que tem contribuido tanto para o bem-estar dos alunos como de todas as pessoas que fazem a  escola funcionar de um modo ímpar e com excelência. Diretor (a), tenha um dia inesquecível pelas melhores razões! Fico muito feliz em fazer parte de um time tão especial que tem vocês como capitães. Os seus valores e sua dedicação são louváveis!!"

Personagem vital para a gestão da unidade escolar, o diretor será o elo entre os níveis organizacionais (professores e colaboradores) desempenhando um papel estratégico frente à qualidade dos serviços prestados na esfera educacional e nas modalidades sociais (pais, alunos e comunidade). Atendendo pais, alunos, professores e funcionários de apoio da escola, os diretores têm a responsabilidade de cumprir e fazer cumprir as leis além de valorizarem e respeitarem a filosofia, a missão e principalmente o projeto pedagógico da instituição que dirigem.


Suas atividades só acontecem de forma linear quando a equipe com a qual trabalha se encontra em sintonia. Pensando nisso, vale lembrar que tanto o diretor escolar como todo o grupo ligado a ele só executaram o trabalho pedagógico se a coordenação, a orientação e os docentes trabalharem juntos em prol do bem maior que é a educação. 

Utilizando o bom senso e sendo criativo, o diretor escolar supera as adversidades inerentes ao cargo que ocupa, demonstrando transparência e confiabilidade, diante de todo o processo de gestão escolar as quais suas competências estão voltadas visando à aplicabilidade de planos e projetos pedagógicos.

Pensando em tudo isso, que o dia de hoje é um marco para o reconhecimento desse personagem insubstituível e fundamental para a estrutura de toda escola. Como em qualquer situação em que se exige organização e disciplina para a obtenção de sucesso ao fim de um processo, o diretor escolar é como um capitão que estipula as normas e se esforça para o cumprimento dos objetivos a fim de atingir a meta desejada. 

Em especial, felicitamos e cumprimentamos nossos Diretores da Rede Municipal de Ensino de Itaporã/MS:

Diretores da REME e Gerente Municipal de Educação


Diretor Ademir Boni
Escola Municipal Professora Sônia Teixeira Paiva


Diretor Vanderley Cescon
Escola Municipal Vereador Salvador Ferreira de Aguiar



Diretora Edna Guimarães Fernandes
Centro Municipal de Educação Infantil Maria Rodrigues Dias


Diretora Vera Janne Vieira Batista Soares
Escola Municipal Professora Rozânia Moura de Lima



Diretora Rozilene Bernardino Cavallo
Centro de Educação Infantil Milton Menani










terça-feira, 30 de outubro de 2018

VI Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente- Itaporã/MS.


VI Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

Tema: Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências.

No dia vinte e seis de outubro do corrente ano, foi realizada a VI Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente em Itaporã/MS. O evento foi idealizado, coordenado e organizado pelos Conselheiros do CMDCA, sob orientação e empenho do Presidente Danino Rosset e da Vice Éri Simony. Importante oportunidade para representantes da sociedade civil e governamental dialogar sobre políticas públicas voltadas à infância e à adolescência, onde na ocasião foi promovido palestras e debates sobre “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências”, tema da XI CNDCA. A escolha desse tema central foi baseada no reconhecimento de que a concretização dos dispositivos previstos na Constituição Federal e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), apesar de diversos avanços, ainda é um desafio a ser enfrentado.  Após três décadas desde que a garantia dos direitos de crianças e adolescentes se tornou prioridade absoluta no Brasil, é um trabalho constante o combate a possíveis retrocessos e a busca para que essa população tenha cada vez mais política que assegurem acesso a seus direitos e a efetiva proteção integral, considerando a diversidade e as especificidades das crianças e adolescentes no país.

 Nesse sentido, a Conferência priorizou cinco importantes eixos para estudos e discussões, subdivididos da seguinte forma para as apresentações e contribuições na plenária:
EIXO 1- GARANTIA DOS DIREITOS E POLÍTICAS INTEGRADAS E DE INCLUSÃO SOCIAL.
EIXO 2- PREVENÇÃO E ENFRENTAMENTO DA VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES.
EIXO 3- ORÇAMENTO E FINANCIAMENTO DAS POLÍTICAS PARA CRINAÇAS E ADOLESCENTES.
EIXO 4- PARTICIPAÇÃO, COMUNICAÇÃO E PROTAGONISMO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES.
EIXO 5- ESPAÇOS DE GESTÃO E CONTROLE SOCIAL DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE PROMOÇÃO, PROTEÇÃO E DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES.

O evento contou a presença e participação de representantes do Executivo, Legislativo, Gerência de Educação, Gerência de Ação Social, Gerência de Saúde, APAE, Escolas Estaduais e Municipais de Itaporã, Centro de Educação Especial Brisa - APAE, a Presidente do CMDCA de Dourados Francelly Rosa, a Presidente Estadual do Conselho da Criança e do Adolescente Vera Ramos, as Equipes do  CREAS,  CRAS,  Conselho Tutelar e  das Agentes de Saúde e Coordenadores das UBS.

Em nome do CMDCA destacamos e agradecemos importantes parcerias presentes no evento: Rotary Club, Casa da Amizade, APAE e Ação Social.



Presidente do Conselho Estadual da Criança e Adolescente Vera Lúcia Ramos


Gerente Municipal de Assistência Social Tânia Mara Carlos Custódio


Presidente do CMDCA Danino Rosset


Gerente Municipal de Educação Cristiane Teresinha


Vereador Ney Bulla

CMDCA- Dourados Francelly Rosa






































Fonte: Gerente Municipal de Educação.
Cristiane Teresinha.